terça-feira, 25 de março de 2008

Jogos Olímpicos, hein?

Deixa ver se eu entendi.

O maior regime ditadorial do planeta desce o sarrafo em um país soberano conquistado desde os anos 60, e ainda vai sediar os próximos Jogos Olímpicos.

Promessas de boicote são desmentidas por qualquer país de tradição democrática, todo mundo apenas parece dar de ombros e dizer 'é, pois é. Não. Feio, pare. Hum, não parece adiantar muito...'

Lembro da época do Massacre da Paz Celestial, que levou o galante PT de então a romper ligações diplomáticas* com o Partido Comunista Chinês, oh! Que bravura! Que gesto!

Do PT galhofante de agora, não ouvi palavra.

Dos atletas, ouvi muito menos. Talvez eu esteja com cera no ouvido. Ou não procurando o suficiente. Talvez eu, aposentado do halterocopismo e apenas atuante no arremesso de dados a curta distância, esteja me metendo a saber o que são ideais de esporte mais do que aqueles que praticam. Talvez eu esteja idealizando demais um mundo que, pra princípio de conversa, nunca o foi - ou não seria mundo, seria o modelo de idéias que Platão descrevia. Sabem como é, Platão, Jogos Olímpicos, idéias e ideais, etc. Devo ter feito alguma confusão. Jurava, entretanto, que o aprimoramento do corpo e da mente deveria vir com alguma espécie de aprimoramento do espírito, traduzível em algum aprimoramento se não moral, ético. E que os ideais costumam ter ligações bem próximas, aqui e ali, quase como uma grande família, onde quando cai um, todos sofrem.

Mas ei, a bolsa tem que se justificar, e os patrocinadores têm que aparecer e vender, e as contas têm que ser pagas, afinal.
__
* eu jurava que só países podiam romper ligações diplomáticas, mas que sei eu?

P.S. - Vi agora que a França pode boicotar os Jogos, se a China não abrir o diálogo. Já é alguma coisa.

4 comentários:

Roney Belhassof disse...

Opa! Já adicionei seu feed ao meu Google Reader! :)

Pode me chamar de sonhador, mas não sou o único...

Sonho com um dia em que os governos é que sifu! Um dia em que simplesmente ninguém vai sintonizar suas TVs ou seus links em olimpíadas realizadas em um país tirano.

Sonho com um dia em que os bilhões de humanos serão capazes de se mobilizar em torno de outra causa além do consumo;

Um dia em que os governos atuarão idoneamente porque saberão que estamos olhando e que não deixaremos passar!

Um dia em que a mídia marrom será sumariamente executada por nossa indiferença em vez de se tornar a revista mais lida do país.

Enquanto isso não acontece junto minha voz à sua e quem sabe uns emails para os nossos políticos e mídias não causam algum efeito?

... Nem que seja o deles rirem da nossa ingenuidade! :-/

Carolina Vigna-Marú disse...

caraca, não tenho a menor noção do que diabos vcs estão falando... a olipiada vai ser na china, é isso?

bom, esportes - argh - à parte, fico MUITO FELIZ CONTENTE DE MONTÃO À BEÇA que vc voltou com o blog!

milhões de beijos

Roney Belhassof disse...

Carol! Vc mudou para Sampa, não para Galifrei!! ;-)

Já ouviu falar em Tibete? ;-)

Estive pensando...

Adoro ginástica olímpica, sempre assisto pela tv e se tivesse grana iria ver ao vivo, mas acho que vou fazer uma tímida campanha para não dar audiência às próximas olimpíadas.

Luiz Felipe Vasques disse...

É, ainda tem isso. É sempre um show. Yelena Isinbieva, o único motivo pelo qual eu assisto salto com vara, feminino, estará lá...

*suspiro*